Ideias.

Para os "artistas" darem largas à sua imaginação...
Avatar do Utilizador
Fernando
Sócio
Sócio
Mensagens: 4262
Registado: segunda out 17, 2005 12:29 am
Localização: cantanhede

Re: Ideias.

Mensagempor Fernando » domingo jun 25, 2017 12:39 pm

Em relação ás springers podemos usar algo semelhante como podem ver nas fotos.
Neste caso usei um pedaço de uma tábua de cortar pão, mas o ideal será algo o mais fino possível para que a alavanca de armar não fique muito afastada do cano, para facilitar o transporte. Tem aquele formato para poder passar por baixo da mira. O material pode ser qualquer um, pois a mola empurra o piston e assim segura o "aparelho" no sítio.Se a mola empurra o piston, significa que a arma não está armada, mais um sinal de segurança.
Nas de cano articulado, é fio no cano e está a andar.
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.
Gosto de longos passeios, principalmente quando são dados por pessoas que me chateiam.
Só trabalho porque dizem que dá saúde, e não quero ficar doente.
Prefiro passar um dia a atiral mal, que passar um dia a trabalhar bem.

Avatar do Utilizador
Fernando
Sócio
Sócio
Mensagens: 4262
Registado: segunda out 17, 2005 12:29 am
Localização: cantanhede

Re: Ideias.

Mensagempor Fernando » terça ago 22, 2017 10:44 am

Ao experimentar as ideias, descobre-se que nem tudo funciona. Neste caso o dispositivo que funciona bem na TX 200, ao ser usado numa Walther LGU falhou redondamente.A LGU "triturou" a "colher" de plástico que viram nas fotos anteriores. Assim acabei por experimentar uma outra solução que já tinha em ideia fazia algum tempo. Arranjei algumas bolas de ténis (ténis de campo e não ténis de mesa) fiz-lhe um buraco de diâmetro inferior ao do cano, para entrar justinho, enfiei no cano, e disparei um chumbo.O chumbo não furou a bola de ténis, ficando lá dentro. A arma usada como podem ver nas fotos anexas, foi a minha Steyr. Com o disparo a bola ou fica agarrada ao cano, ou quando se solta, cai ao chão praticamente na vertical. Coloquei no interior da bola um pequeno trapo para reforçar a bola, mas principalmente para a bola ficar mais "ajustada" ao cano.O método da bola de ténis pode ser aplicado a qualquer arma springer ou PCP. Nas Springers, como todos usamos 97K, TX 200, ou LGU o buraco terá de ser feito com o feitio de "buraco de fechadura", um buraco redondo para o cano, e por baixo desse buraco um buraco quadrado para o dispositivo que segura a alavanca de armar junto ao cano.Neste momento julgo que a melhor maneira de dar segurança a uma Springer será manter a alavanca de armar solta, e não presa no dispositivo que está na ponta do cano. Se a alavanca ficar junto ao cano, significa que a arma não está armada, e isso é visível para toda a gente, se ela estiver armada a alavanca fica solta, e na vertical (com este método estamos a fazer segurança à propulsão). A isto acrescentamos a bola de ténis enfiada no cano, pois caso haja uma falha na segurança e a arma dispare, o chumbo fica dentro da bola, e não causa danos a nada nem ninguém.
Ninguém tem umas ideias a acrescentar? Todas as ideias são bem-vindas.
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.
Gosto de longos passeios, principalmente quando são dados por pessoas que me chateiam.
Só trabalho porque dizem que dá saúde, e não quero ficar doente.
Prefiro passar um dia a atiral mal, que passar um dia a trabalhar bem.


Voltar para “Kitanços, Problemas e Reparações”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron